• Karina Rebelo

Quando a Gratidão vira um sentimento de Culpa



Quando sento para escrever um artigo para o meu blog, busco olhar ao meu redor, entender quais dores as pessoas e empresas mais apresentam naquele período. Nas últimas semanas, percebi nos atendimentos de coaching, tanto de indivíduos (coaching life) quanto de executivos (coaching executivo) o mesmo tormento. O momento em que a gratidão se torna um sentimento de culpa, criando uma prisão de angústia e sofrimento.

Irei de dar alguns exemplos:

– Uma pessoa que se faz de vítima para lhe deixar com sentimento de culpa e ingratidão, lhe aprisionando em um ciclo vicioso.

– A situação de um líder que promoveu uma pessoa porque uma vez na vida ele agiu de maneira grandiosa, mas com o passar do tempo deixou de fazer as suas atividades.

– Falas como:

“Uma certa fez aprendi tudo o que sei com este senhor, mas ele veio a morrer com os anos. Sinto-me na obrigação de ajudar sua filha que está dentro da minha empresa em gratidão a este passado, mas ela não corresponde com seu desempenho”.

“Este colaborador era um excelente funcionário, então resolvi promovê-lo dando mais poder e autonomia (em muitos casos são dadas pequenas participações nos negócios). Mas após este meu ato ele se acomodou e parou no tempo, gerando grande atritos internos”.

Outros tentam pagar a “conta da gratidão” com presentes ou dinheiro. Estes vão passar por suas vidas tentando zerar esse sentimento sem nunca conseguir.

Poderia colocar muitos exemplos aqui, com certeza você já percebeu que este artigo fará com que você gere reflexões e se liberte da culpa e entenda o que realmente é gratidão.

Gratidão se paga com lealdade, reconhecimento e consideração. Culpa se paga com mudança de atitude e autoconhecimento. Não tente pagar bananas com laranjas.

Um dos motivos comuns por trás da culpa é pensar que deveria ter feito algo a respeito de determinada situação. Existem pessoas que também se sentem culpadas por terem conseguido algo enquanto outros falharam. Por si só, a culpa não é sempre um coisa ruim, já que o remorso promove mudanças no comportamento e sentimentos de empatia. No entanto, quando este sentimento não é produtivo, ele gera um ciclo de tristeza e vergonha.

A Gratidão é um sentimento precioso, mas quando se torna um compromisso, uma moeda de troca, se transforma em um poderoso sentimento de enfraquecimento e de uma relação doentia, uma relação de submissão. Alvo fácil de manipuladores.

Ser grato não quer dizer que tenha que se tornar um ciclo vicioso de aceitação.

Gratidão é um sentimento de reconhecimento, uma emoção por saber que uma pessoa fez uma boa ação, um auxílio, em favor de outra. Gratidão é uma espécie de dívida, é querer agradecer a outra pessoa por ter feito algo muito benéfico para ela.

A gratidão traz junto dela uma série de outros sentimentos, como amor, fidelidade, amizade e muito mais, diz-se que a gratidão é um sentimento muito nobre para que seja manipulado por pessoas que se aproveitem dele, seja de forma consciente ou inconsciente.

Um pai ou uma mãe muitas vezes não fala de forma consciente quando cobra a gratidão através da geração do sentimento de culpa no filho, porque no fundo eles querem atenção, possuem medo de ficar sozinhos, acreditam que só eles conseguem gerir da melhor forma a vida dos filhos protegendo-os, entre outros medos e inseguranças.

Nas empresas por exemplo, muitos funcionários se aproveitam por acreditar que ter a gratidão de uma liderança significa acomodação, segurança, privilégio.

Não digo que são todas as pessoas que se usam deste nobre sentimento chamado de gratidão, mas vejo uma grande maioria se aproveitando de pessoas gratas. Esteja atento aos sinais e não permita ser manipulado. O método que utilizo no coaching tem auxiliado as pessoas a se libertarem desta culpa que limita ações e desempenhos.

Eu pratico a gratidão todos os dias da minha vida. Agradeço os bons momentos, minhas realizações, meus problemas que me ajudam a crescer, a luz do dia e a escuridão da noite, agradeço o ar que respiro e as boas pessoas que passam pela minha vida. Devemos praticar e agradecer todos os dias. Isto nos torna pessoas conectadas com o universo, com a vida.

Viver com gratidão sem culpa, permite com que possamos multiplicar sentimentos positivos, direcionando merecimentos, nos tornando mais felizes.

As pessoas felizes lembram o passado com gratidão, alegram-se com o presente e encaram o futuro sem medo.

35 visualizações
CONTATE-NOS
LOCALIZAÇÃO

(51) 98111-9565

 

Campo Bom / RS

 

contato@provoko.com.br

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2020 por Unidade Branding.