• Karina Rebelo

Esperança e Otimismo


A esperança tem forte influência positiva na capacidade das pessoas de lidar com problemas, situações de divergência e o stress da vida pessoal e profissional. Essa influência do pensamento positivo está associada à percepção de competência e controle, à autoestima, ao otimismo e à criatividade elevada.


Na atual conjuntura em que estamos vivendo, a esperança na sua integridade se faz tão importante para continuar a caminhada, buscar inovar e crescer meio às dificuldades. Neste contexto o otimismo e a confiança se fazem fundamentais para a visão de futuro como combustível.


Para muitos, a esperança é apenas um sentimento, uma emoção experimentada quando todas as formas práticas de alcançar um fim desejado tiverem sido esgotadas. Essa noção fica evidente em frases como “cruzar os dedos e esperar o melhor” ou “ao menos ainda temos esperança”. Mas nas últimas décadas, pesquisadores estudam e vem comprovando os efeitos positivos da esperança. Inúmeros estudos mostram o efeito positivo da esperança na capacidade das pessoas lidarem com problemas, situações paralisantes e stress na vida pessoas ou profissional.


Em 1991, o pesquisador Charles Richard Snyder e sua equipe do Laboratório da Esperança (Universidade do Kansas), após uma série de estudos, apresentaram um novo conceito de esperança. O pensamento esperançoso está associado à percepção de competência e controle e à autoestima, ao otimismo, à criatividade, assim como maior capacidade de resolução de problemas. Não no sentido de ser esperançoso esperando que tudo “caia do céu”, mas aquele que entende que é necessária a ação para que objetivos e propósitos sejam realizados.


No que diz respeito à liderança, os líderes são os grandes geradores de esperança. Ao longo da história, a força multiplicadora é, com frequência, atribuída à habilidade do líder gerar esperança para a equipe.


Segundo estes estudos, a esperança é um processo de natureza motivacional, direcionado para alcançar objetivos. Ela reflete a percepção do indivíduo quanto à sua capacidade de:


1. Definir objetivos relevantes e desafiadores

Os objetivos correspondem a algo que a pessoa deseja ser, ter ou fazer. Uma das características relevantes dos objetivos é a sua importância – quanto mais relevantes forem para nós, maior a motivação para persegui-los. Outra característica é o grau de desafio.


Objetivos inviáveis não caracterizam a esperança – geram desmotivação. Contudo se forem fáceis demais, também geram desmotivação. Um ciclo virtuoso que se forma quando há equilíbrio entre importância e desafio. A esperança aumenta as chances de superar desafios e os desafios aumentam a esperança.


2. Encontrar caminhos para alcançar objetivos

Pessoas com alto grau de esperança acreditam poder criar vias ou caminhos mentais que auxiliem a obter os objetivos desejados. É a habilidade percebida de produzir rotas bem-sucedidas para chegar ao objetivo proposto.


Avaliar o que é possível, e iniciar, desta forma, o “impossível se torna possível”. Envolver pessoas de áreas diferentes e com visões diferentes, enriquecem a busca de alternativas e rotas a serem percorridas.


3. Ter senso de iniciativa para perseguir objetivo

Estabelecer objetivos desafiantes e identificar os caminhos para atingi-los não é o suficiente para gerar resultados se a pessoa não tiver motivação para implementar as ações necessárias. Por isso, o próximo componente da esperança é o senso de iniciativa (o pensamento voltado para a ação). O senso de iniciativa refere-se à habilidade de iniciar e de sustentar a ação direcionada para objetivos, mesmo face às dificuldades, o que eleva o engajamento.


Pessoas com alto nível de esperança cultivam diálogos interno positivos como: eu sei que vou conseguir. Pessoas com pouca esperança, com frequência se mostram apreensivas em relação ao processo de atingir metas e a sua atenção é desviada das ações relevantes. Experimentam mais ansiedade e estão mais sujeitas a auto sabotagem.


Você percebe a importância e a relevância da esperança nas nossas vidas? Quantos benefícios esta emoção, este sentimento nos proporcionam quando nos permitimos vivê-lo de forma consciente.


O Otimismo e a Esperança andam de mãos dadas. Cultive bons pensamentos. Cultive boas relações. Conecte objetivos. Pratique a Gratidão. Celebre as pequenas conquistas. O futuro é construído com o aprendizado do passado e as ações do presente.


Aproveitando, estamos com o curso Liderança Humanizada - Pessoas que Inspiram, que será online, ao vivo e com no máximo 30 alunos nos dias 11, 12 e 13 de agosto de 2020. Veja o programa e faça sua inscrição aqui: https://bit.ly/LiderancaHumanizada

Com carinho,





Karina Rebelo Especialista em Psicologia Positiva e Neuroliderança


Fonte: Snyder, C.R. (1999). Hope, goal blocking thoughts, and test-related anxieties. Psychological Reports, 84, 206-208. Photo by Diego PH on Unsplash


121 visualizações
CONTATE-NOS
LOCALIZAÇÃO

(51) 98111-9565

 

Campo Bom / RS

 

contato@provoko.com.br

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2020 por Unidade Branding.