• Karina Rebelo

Como obter uma equipe engajada?

O grande diferencial competitivo das empresas são as pessoas de talento que trabalham para elas. E o engajamento desses profissionais faz muita diferença. Existem pesquisas que compravam que profissionais engajados podem ser até 202% mais produtivos. Além disso, eles tendem a permanecer mais tempo na empresa, reduzindo os custos com rotatividade da organização.


Os profissionais engajados são os mais comprometidos com o resultado final. Eles estão conectados com os valores da organização e demonstram entusiasmo ao fazer seu trabalho, têm autonomia, são dedicados e mais confiantes. Querem trazer resultados reais para a organização.


As pessoas engajadas são naturalmente mais motivadas. A motivação é encontrar um motivo para fazer algo e, quando se está engajado, há uma conexão emocional entre a pessoa e o que ela faz. Os propósitos se fortalecem.


Os três fatores mais importantes para que um profissional se sinta engajado são: acreditar que a gestão/liderança conduz bem a empresa, estar satisfeito com seu chefe imediato e ter orgulho da organização. Uma empresa que consegue que os

gestores tenham características que inspirem isso nos funcionários vai conseguir aumentar o engajamento deles.


Se o profissional não se sente valorizado e parte da organização, o engajamento fica comprometido em qualquer organização.


Como o líder se comporta, o que ele diz e, principalmente, como ele diz afetam a atitude das pessoas da equipe. Tratar as pessoas com respeito, reconhecê-las pelo bom trabalho e estar aberto a sugestões gera um ambiente que proporciona um

maior engajamento.


Um profissional engajado está comprometido com o resultado que deve alcançar e ele sabe que isso, muitas vezes, não depende só dele e sim de toda a equipe. Então, ele, naturalmente, estimula os demais profissionais que integram o seu time, e os resultados costumam ser positivos.


Enfim, não diga às pessoas o que fazer, mas sim auxilie-as a pensar!

Não dizer aos outros o que fazer é uma das maneiras mais eficazes de liderança. Pois, se não é possível controlar o que pensam, é possível melhorar a forma como pensam e, dessa forma, melhorar tanto a produtividade, de uma forma geral, quanto a comunicação entre líderes e subordinados.







Especialista em Psicologia Positiva e Neuroliderança

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
CONTATE-NOS

(51) 98111-9565

Campo Bom / RS

contato@provoko.com.br

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2020 por Unidade Branding.