• Karina Rebelo

Como Cultivar Emoções Positivas

Atualizado: 23 de Nov de 2018



Um fato vem me gerando grande reflexão como Coach, é o grande número de pessoas que estão com dificuldades para gerar emoções positivas, fixadas nas limitações e impossibilidades, gerando emoções negativas. Efeito disso? Depressão, autoestima baixa, baixa performance profissional, problemas de relacionamento, problemas de saúde, entre outros.

Devida a esta inquietação, resolvi pesquisar e escrever este artigo para compartilhar o como cultivar emoções positivas e o quanto pode ser benéfico para o ser humano.

Durante muito tempo, a função das emoções positivas foi um enigma. Embora sejam sentimentos agradáveis, não parecia que fossem vitais para nossa sobrevivência como espécie. Emoções negativas, por outro lado, sempre foram vistas como essenciais: nos ajudando quando enfrentamos ameaças, ao disparar a reação de “lutar ou correr”.

Emoções positivas – como alegria, gratidão, contentamento, inspiração e confiança (ou orgulho sem superioridade) – não são ótimas apenas no momento. Pesquisas recentes mostram que vivenciá-las com frequência cria uma “espiral ascendente”, que nos ajuda a construir os recursos internos. Então por mais que precisemos ser realistas sobre os altos e baixos da vida, focar nos aspectos positivos de quaisquer situações sempre ajuda: olhar a metade cheia do copo, em vez da vazia.

Pesquisas científicas inovadoras nos mostram que emoções positivas têm o efeito de ampliar nossas percepções, de maneira muito semelhante ao modo como as emoções negativas as limitam. Esse alargamento nos ajuda a visualizar melhor, reagir de formas novas e flexíveis, e a sermos mais criativos. Também nos torna mais abertos a diferentes ideias e experiências, e nos sentimos mais próximos e confiantes das outras pessoas.

E não para por aí. Sentir-se bem a curto prazo pode nos levar ao bem-estar de longo prazo. As novas experiências e maior abertura que resultam de emoções positivas podem levar a mudanças duradouras em nossas vidas.

Há evidências de que as emoções positivas são contagiosas e que quando nos sentimos bem, isso pode ter um efeito-dominó sobre aqueles que nos rodeiam. Portanto ao fazer coisas que nos ajudam a sentir-se melhor, podemos beneficiar os outros também.

No processo de Coaching fica nítido nos meus clientes (amigos evolutivos – pessoas e empresas) como estimular esta emoção e vincular a propósitos traz resultados surpreendentes em todos os âmbitos da vida. É gratificante poder ser um agente que auxilia no despertar das potencialidades humanas. Tudo o que se precisa para agir diferente e melhor, está dentro de nós, só precisamos encontrar para estimular.

Para ajudar, listei seis itens entre muitos, que acredito e cultivo:


1. Encontrar significados positivos: encontrar significados em eventos e experiências é algo que ativa as emoções positivas. Você atribui significados de acordo com sua maneira de interpretar eventos e experiências. Que significados você está atribuindo aos acontecimentos?


2. Ter objetivos: extensas pesquisas indicam que as emoções positivas estão ligadas às causas e às consequências do processo de atingir objetivos, principalmente se esses objetivos forem intrínsecos e autoconcordantes. Você tem clareza dos seus objetivos?


3. Engajar-se em atividades sociais: um amplo corpo de estudos mostra que a participação em atividades sociais e o envolvimento com a comunidade estão associados a um alto grau de felicidade e de satisfação. Como anda a sua vida social e os relacionamentos?


4. Meditação e Relaxamento: meditação e relaxamento não são a mesma coisa – mas ambos produzem resultados benéficos, cientificamente comprovados. A meditação mindfulness nos coloca em um estado alerta e consciente, focado no momento presente. Já as técnicas de relaxamento visam descansar o corpo e a mente, bem como liberar a tensão. Você conhece esta prática?


5. Crenças fortalecedoras: a relação é evidente – crenças limitantes evocam e reforçam emoções negativas. As emoções negativas, por sua vez, reforçam as crenças limitantes. Desafie-se, saia do ciclo vicioso. Desenvolva crenças positivas e fortalecedoras.


6. Carpe diem: a expressão latina que significa “aproveite o dia” refere-se a desfrutar o momento e deixar-se energizar pelos pequenos prazeres da vida, desde ouvir uma música até dar risadas na companhia de amigos. Será que você está tão ocupado que não tem mais tempo para saborear estes instantes?


De acordo com o Dr. Davidson (apud Huppert, 2012), com base no que sabemos sobre plasticidade do cérebro, desenvolver emoções positivas não é tão diferente de aprender a tocar instrumento musical ou praticar um esporte. Assim como qualquer outra habilidade, emoções positivas requerem tempo e prática para serem desenvolvidas. Treine a sua mente para ser feliz!

9 visualizações
CONTATE-NOS
LOCALIZAÇÃO

(51) 98111-9565

 

Campo Bom / RS

 

contato@provoko.com.br

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2020 por Unidade Branding.